quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Clube do Choro de Porto Alegre terá mostra de fotografias e de desenhos


Lá, a velha guarda dança à moda antiga

O Clube do Choro de Porto Alegre é um lugar de divertimento garantido. O primoroso som do cavaquinho, do violão, do bandolim, do pandeiro e da caixeta convida os pares a exibirem seus passos ritmados na pista de dança. Tudo é muito organizado. Funciona nas quintas-feiras. Os músicos começam a tocar, pontualmente, às 21h, e páram à 1h da madrugada.

Lá pelas tantas, a responsável pelo Clube vai ao microfone e avisa que a pista de dança já está aberta aos bailarinos. Os mais experientes, evoluem, juntinhos, dois pra lá e dois pra cá. Outros, simplesmente deixam a música embalar seus corpos. É bonito ver as coreografias dos dançarinos e ouvir música brasileira de primeira qualidade e em ritmos de choro e samba.

Entre as muitas coisas interessantes do Clube do Choro, situado no número 795 da Rua Princesa Isabel, é o trabalho desenvolvido pela fotógrafa, Ana Mendes e pela artista Natália Chaves Bandeira. (foto acima) Em dezembro, estas duas jovens profissionais farão uma exposição com fotos e desenhos do Clube.

Acho bacana que elas tenham tido o insight de documentar um espaço da velha guarda, que lembra filmes com Buena Vista Social Club e o Último Bandoneón. Ainda bem que ambas valorizam este trabalho artístico. Além do registro com fotos e com desenhos, seria interessante um documentário sobre o Clube do Choro de Porto Alegre. Quem se habilita?

2 comentários:

ana regina de almeida disse...

Concordo plenamente com seus comentários sobre o Clube do Choro,é um lugar maravilhoso para ouvirmos uma música que nos encanta e diverte.Mesmo para quem como eu, que não sabe dançar bem, é muito bom ficar assistindo os dançarinos das noites de quinta feira bem como ouvir os cantores que toda semana nos brindam com suas belas vozes e emocionantes apresentações.

ana mendes disse...

Querida! Fiquei muito feliz com a publicação no seu blog. Valeu a parceria! ana mendes